sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Amor é...


❤️

Tu não sabes mas, quando me olhas nos olhos, em silêncio, durante longos minutos, sinto-me verdadeiramente amada por ti. E eu amo-te também. Ali juntos, sem horas, sem pressas. É o paraíso na terra, para mim. E mesmo sem dizeres nada sei que me amas, porque ninguém olha assim sem amar. Nem que seja só um bocadinho, mas amas-me.
 E depois, de repente, a minha memória activa-se e passa-me à frente todo o percurso que fiz ao teu lado, todos os momentos. E eu riu-me, estragando assim a serenidade da nossa mútua contemplação. Tu ris-te também, como que se o meu riso fosse uma doença contagiosa, e perguntas-me porque é que me estou a rir. A verdade é que nem eu sei bem porquê. Podia dizer-te que era porque estava feliz, não era mentira nenhuma, porque me tinha lembrado de alguma coisa engraçada, também não era mentira, porque te amava, etc. Mas, em vez disso, não digo nada, rio-me mais e dou-te um beijo. Um beijo sentido. Tu inclinaste e dás-me um beijo teu. E não há mais perguntas, como se os beijos fossem a resposta para todas as inquietações que nos percorrem. E depois? Depois ficamos abraçados, entre carinhos, até nos olharmos de novo. 

9 comentários:

  1. Este post derreteu-me :) Que o amor seja sempre assim: maravilhoso!

    ResponderEliminar
  2. Há silêncios (e beijos lol) muito esclarecedores. xD

    R:
    Olha, não leves muito a sério os meus posts pseudo-científicos, porque eu só quero brincar com certas situações.
    É óbvio que as coisas nunca são SÓ aquilo que parecem. Como o casco de um navio, a parte submersa é muito maior do que a visível.
    A questão dos média é verdade em tantos casos... porque dantes as notícias demoravam uma semana a chegar à minha terra (a 50 Km de Lisboa) e agora sabemos tudo em direto. É claro que isso não explica tudo, do mesmo modo que a minha teoria o não explica. Há pessoas com uma maior propensão para engordar e também é verdade que a preguiça nos leva a cometer todos os tipos de exageros alimentares.
    Eu luto contra o aumento de peso, por motivos de saúde e nem sempre consigo atingir os objetivos, porque tudo o que é bom, engorda e porque é mais fácil ficar aqui no PC, do que ir "pedalar" na elítica.
    Mas é como te digo: nunca leves demasiado a sério os meus textos. Eu gosto de brincar (gozar lol) com coisas sérias e não ando aqui para me chatear com ninguém por causa de problemas cuja resolução não está na nossa mão. E é muito mais divertida a imagem de uma manada de morsas estendidas na Caparica, do que discutir o sexo dos anjos. eheheh

    ResponderEliminar
  3. agora fiquei a pensar nisso e realmente acontece! desejo-vos a melhor sorte x

    ResponderEliminar
  4. r: Realmente é um assunto que também me põe um bocado exaltada, principalmente devido à hipocrisia das pessoas porque dizer alguém gordo que é gordo é de muito má educação, mas dizer a alguém magro que é magro é uma coisa normal. São os primeiros a diferenciar a maneira como tratam uns e outros e, por causa disso, isto chega a tomar proporções ridículas.

    ResponderEliminar
  5. Oh, que texto tão querido! Momentos assim com a pessoa que amamos são tão bons :)

    ResponderEliminar